14 de dezembro de 2015

A perseverança em ser fiel


“Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” 
(Apocalipse 2.10.)

O livro de Apocalipse é a “revelação de Jesus Cristo”, com o claro propósito de “manifestar aos seus servos as coisas que em breve há de acontecer”. Neste livro há sete cartas endereçadas às sete igrejas da Ásia Menor, tendo como desígnio exortar e elogiar e ainda contém advertências e promessas. O versículo supracitado é uma exortação seguida de promessa à igreja de Esmirna e deve ser para o cristão como princípio propulsor para uma vida piedosa e obediente à palavra de Deus.

      Embora, outrora, estávamos cegas à mensagem redentora da cruz de Cristo, todavia, o amor inexplicável do Deus incorruptível e absolutamente imutável, com a sua poderosa mão tirou dos nossos olhos o inchaço do orgulho e hoje enxergamos que vivemos não para nós mesmas, mas para Deus e o propósito que Ele tem para nossa vida, e isso é motivo mais que suficiente para perseverarmos em Seu caminho.

A Palavra de Deus é viva e eficaz e independe das circunstâncias adversas de nossas vidas, ela sempre deve ser para nós a bússola que nos guia no caminho eterno. A Bíblia nos apresenta a vida de homens e mulheres que foram verdadeiros heróis da fé, tais como: Noé, que foi considerado um homem temente a Deus, pois, pela fé construiu uma arca para a salvação de sua família em obediência a Deus (Hebreus 11.7), Abraão, que pela fé, ouviu o chamando de Deus e saiu sem saber para onde estava indo (Hebreus 11.8), Sara que era estéril e de idade avançada, porém concebeu um filho (Hebreus 11.11), e por fim, o autor de Hebreus destaca também a prostituta Raabe, que pela fé, não morreu com os desobedientes (Hebreus 11.31). A perseverança dos cristãos só é possível por causa da graça de Deus que fortalece e consola, por isso precisamos estar com os olhos no Autor e Consumador da nossa fé, mantermos comunhão com Deus, trazer à memória a satisfação e o contentamento da eterna verdade e do amor verdadeiro que só encontramos na presença acalentadora do nosso Deus e Pai, para dessa maneira, prosseguirmos firmes e resolutas de que nesta vida nada vale mais do que Deus para nós, e o mundo só testemunhará o quanto Deus é valioso ao nosso coração quando vivermos fielmente para Ele, ainda que isso signifique negar a nossa vontade para fazer a dEle.

Portanto, vivamos com um coração íntegro diante de Deus, dedicando nossa vida ao seu serviço em tudo o que fizermos, que sempre estejamos nos perguntando: “isso agrada a Deus?” para assim, estarmos com nosso coração sincero e zeloso em ser-Lhe fiel, até o dia em que Ele nos chamar para a aquela bendita morada que há muito está guardada pra nós.

Mysia Rebeca

Nenhum comentário:

Postar um comentário