14 de março de 2016

Aprendendo a estar contente



Mesmo sendo servas de Deus, entendemos que vivemos em um mundo imprevisível. Somos alcançadas muitas vezes por circunstâncias que não prevíamos, e que até transtornam o que havíamos planejado. Esta realidade é apenas uma amostra de que as coisas nunca estarão sobre o nosso controle, e isso geralmente nos traz murmuração e descontentamento, porque é muito fácil reclamarmos quando as coisas não acontecem do nosso jeito!

O descontentamento não está longe de nós. Só basta lembrarmos de algo que queríamos ter, mas que ainda não temos, e ver o quanto isso nos abate. Vivemos descontentes com muitas coisas, inclusive, com aquelas que já temos. É o emprego que me deixa exausta, a família complicada em quem convivo, aquele corpo modelado que eu queria ter, aquela doença que me acometeu, o cônjuge ciumento com quem me casei, a presente dificuldade com que estou lidando, enfim, a lista não acaba.

Como eu vou conseguir estar contente diante de situações indesejáveis? É sobre isso que nos concentraremos neste texto. Pra inicio de conversa, nós não nascemos com contentamento – ele é algo que precisa ser aprendido. O apostolo Paulo escrevendo para a Igreja de Filipos disse:

“Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece.” (Fp 4:11-13). (Grifo meu)

Paulo foi um homem que passou por circunstâncias muito difíceis por simplesmente pregar o Evangelho. Ele passou por circunstâncias que em grau de dificuldade estão muito além das que enfrentamos, mas mesmo estas não eram suficientes para lhe deixar descontente. Sabe por quê? Porque o contentamento de Paulo não dependeu delas! Não eram as circunstâncias que definia Paulo, pois elas sempre variam. Ele precisava de algo constante a qual pudesse estar firmado, e isso ele encontrou no próprio Deus. Não podemos permitir que circunstâncias definam o nosso ânimo! Não permitamos que circunstâncias nos governem! Isso só será possível quando substituirmo-las por algo infinitamente maior do que elas - Deus. Somente Ele pode nos definir.

E era Ele quem infundia força em Paulo, de forma que ele pôde passar tanto por situações de grande honra como por situações de extrema humilhação. Ele disse: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fp 4:13). É graças à força que o Senhor nos concede que podemos estar habilitados para suportar até o insuportável. Paulo sabia disso. Ele experimentava isso. Ele aprendeu isso! Logo, ele estava sempre contente.

Além disso, precisamos sempre nos lembrar de coisas que somos propícios a esquecer, mas que são necessárias para que o contentamento exista em nós. Gravem em seus corações, queridas irmãs, que:

As circunstâncias sempre variam, mas Deus é imutável.

Você não pode controlar tudo o que acontece em sua vida, mas Deus pode.

Existem ocasiões que você não saberá o que fazer, mas Deus sempre sabe.

Você nunca entenderá tudo o que Deus faz, mas Ele sempre sabe o que está fazendo. 

Enquanto você se preocupa com muitas coisas, Ele se preocupa contigo.

Tudo o que te vier aqui na terra vai passar, mas Ele é eterno.

E embora você não o ame perfeitamente, Ele te ama, e tudo o que permite em tua vida tem um propósito, uma razão e está cooperando para o teu bem.

Aprendemos a estar contentes quando confiamos no ser de Deus e no Seu governo sobre todas as peculiaridades das nossas vidas. O que poderia acontecer conosco que Deus não tivesse permitido antes? E se Ele permitiu, não é lógico concluir que é o melhor naquele momento? Porque ainda não confiamos Nele? É porque não confiamos ainda totalmente que vivemos descontentes com situações tão pequenas, mas que são as mesmas que estão resguardadas em Suas mãos.

Na Palavra de Deus encontramos valiosas promessas que Ele nos deixou. Ele disse que nunca nos abandonaria, independente do que enfrentarmos, de onde estivermos, e de como estaríamos. (Sl 23:4; Mt 28:20; Hb 13:5-6). Sendo isso verdade, não há o que temer! Ele também disse que conhece de súbito as nossas vidas, e as nossas necessidades antes mesmo de O pedirmos (Mt 6:8, 32; Lc 12:30). Podemos confiar, porque existe Alguém que conhece as nossas necessidades melhor do que nós mesmas e que tem o poder para supri-las quando quiser.

Se você crer na Palavra de Deus, logo você crer que isso é verdade! Mas na sua vida cotidiana, isso demonstra ser verdade? Precisamos de mais fé, amadas! Aquela fé que é capaz de se estender para todas as áreas das nossas vidas. Ela nos leva a estarmos contentes em Deus, independente do que nos sobrevenha, simplesmente por Ele ser o que é, e por dizer o que diz.

E Ele nos ordena que estejamos contentes, mas também nos oferece os meios para estarmos assim.

Como está o nosso relacionamento com Deus? Muitas vezes não estamos contentes, não por um erro de Deus, mas por nossa falha de não O buscarmos devidamente. Ao invés de reclamarmos com as situações indesejáveis que vem sobre nós, que aprendamos com elas, e cultivemos em todo tempo um coração grato, que glorifica ao nosso Deus incircunstancialmente, porque afinal, Ele nos ama incircunstancialmente com um amor eterno, e até estas situações provém de Seu amor, embora não consigamos isso enxergar. Porém, “Andamos por fé, e não por vista.” (II Co 5:7).

Thayse Fernandes

19 comentários:

  1. Amém!! 👐👐 texto maravilhoso ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória a Deus por sua edificação.
      O Senhor te abençoe.

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Amei esse texto, é sempre uma busca constante para que eu aprenda a ter contentamento nEle independente circunstâncias.Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! O Senhor te abençoe também.

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Amém amada irmã, que possemos mesmo em meio as dificuldades prosseguir em conhece-Lo , Deus a abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Eliana.
      Deus te abençoe também.

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Bom dia!

    Texto maravilhoso. Que Deus possa nos ajudar a cada dia a estar contente nEle independente das situações. Que nossas vidas sejam para sua glória.

    Deus abençoe a todas! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana!

      Somos gratas pelas palavras, e de fato, precisamos sempre do auxílio do Senhor em nossas vidas.
      Que Ele te abençoe também.

      Grande abraço!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Amém, Gabrielle!

      Que Ele te abençoe também.
      Abraço!

      Excluir
  6. Não sei se um homem pode estar por aqui, mas por ver que trata de feminilidade e não feminismo, me atrevi, para parabenizar não só o texto , como o blog. Feminilidade é uma luta válida e difícil, num tempo em que até mesmo os homens têm esperado conviver com o feminismo, que nada mais é que o machismo do outro gênero, tornando a batalha contraditória em si mesma. Que Deus possa nutrir o coração de vocês com sabedoria, para aprenderem a ser contentes, também tenho tentado aprender... E que nesse mundo tão hostil, possamos ver ressurgir masculinidade e feminilidade biblica, que agrada o coração de Deus. Deus abençoe todas vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Laércio!

      É bom tê-lo por aqui, é claro que pode estar! Com a graça de Deus temos tentado lutar pela Feminilidade bíblica, num mundo que, assim como também disse, permanece hostilmente Feminista. Obrigada pelas palavras, como trazem alegria! São encorajamento para continuarmos. Sempre no Senhor Deus avançamos, tendo a certeza de que estamos caminhando em direção à Sua vontade. Que Ele nos ajude a aprendermos a estar contentes, nos infundindo Sua força, e nos dando a Sua paz.

      Que Ele te abençoe!

      Excluir
  7. Texto maravilhoso. Como precisava. Obrigada !

    ResponderExcluir
  8. Texto maravilhoso !
    Como precisava ler isto.
    Deus abençoe vocês !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Thayna, que bom que você foi edificada. Glória a Deus.

      Um abraço.

      Excluir

Poderá gostar também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...